Parceria de sucesso: o retalhista austríaco, SPAR, é líder em produtos de peixe sustentáveis!

Em 2011 a WWF-Áustria e a SPAR Áustria iniciaram uma cooperação ambiciosa. Hoje, existem cerca de 400 produtos de peixe e marisco de origem responsável nas prateleiras e nos balcões de peixe fresco na SPAR – isso é mais do que 95% da gama de produtos.

A SPAR Áustria é um dos maiores retalhistas de produtos alimentares no país. Ciente das suas responsabilidades, em 2009, a empresa começou a seguir uma política de compras sustentáveis para o peixe. Em 2011 esta foi então reforçada através da cooperação com a WWF-Áustria. O objectivo ambicioso: a transição de toda a gama de produtos para produtos provenientes de pesca e práticas de produção sustentáveis.

O resultado da colaboração entre a SPAR Áustria e a WWF-Áustria é evidente! No ano 2012 a WWF-Áustria só poderia fazer recomendação de compra a 62% do peixe armazenado com base na sustentabilidade: em 2013 esse número aumentou para 85% e em 2014 subiu mesmo para 95 %. Hoje em dia, nos postos de venda da SPAR e na própria SPAR, já não existe qualquer peixe que enfrente o risco de extinção ou que seja capturado por frotas não registadas.

 

Este exemplo de uma colaboração bem-sucedida demonstra que as empresas estão preparadas para satisfazer os desejos do cliente com uma gama de produtos sustentáveis. A WWF pode ajudar nessa tarefa, fornecendo conhecimentos e experiência internacional.

Atum 100% sustentável

Um projeto especialmente digno de nota é a introdução das conservas de atum 100% sustentáveis da SPAR. Desde as espécies de atum, passando pelas áreas de pesca e frota, até à fábrica de conservas, toda a cadeia de produção do novo atum em conserva é sustentável segundo a certificação MSC. O atum transformado aqui, gaiado, reproduz-se com facilidade. Assim, o stock pode reabastecer-se rapidamente e é uma das espécies menos ameaçadas de atum em todo o mundo. A atum gaiado é capturado no Pacifico Ocidental, nas águas dos oito Estados Insulares do Pacífico de Quiribati, Estados Federados da Micronésia, Ilhas Marshall, Nauru, Palau, Papua Nova Guiné, Ilhas Salomão e Vanuatu. As populações de peixes nesta área são as mais sustentáveis do mundo. Mesmo os métodos de pesca são: os peixes, que nadam em grandes cardumes selvagens com cerca de 50.000 indivíduos, são capturados com redes de cerco com retenida. A rede é colocada em torno do mesmo cardume de forma anelar e fechado na parte de baixo como um saco. Como não são utilizados dispositivos de agregação dos peixes (FAD), a captura acidental de tubarões, golfinhos, tartarugas, pássaros ou atum jovem, não acontece e os efeitos sobre o ecossistema são mínimos.

100% rastreável, e bom para os países em desenvolvimento  

Para que o consumidor possa rastrear o processo de produção, foi desenvolvido o inovador sistema online “Track + Trace”. Qualquer pessoa que esteja interessada pode encontrar informação on-line sobre o local, o barco, o capitão, o timing e o método de pesca utilizado para capturar o atum SPAR – uma garantia de que o produto é realmente 100% sustentável.

O atum SPAR é processado diretamente numa fábrica local de conservas na Papua Nova Guiné, onde rígidos padrões sociais, ecológicos e de higiene são respeitados. Isso não é importante apenas para a qualidade, mas também apoia a comunidade local através da criação de emprego.

  • 2012 62%
  • 2013 85%
  • 2014 95%

 A gama de produtos peixe e marisco dos supermercados da SPAR, na Áustria 

Share This